NewsLetter:
 
Pesquisa:

Ator Oswaldo Louzada morre aos 95 anos no RJ
Por Ruy Jobim Neto
22/02/2008

Oswaldo Louzada e Carmen Silva em Mulheres Apaixonadas

O ator Oswaldo Louzada morreu na madrugada desta sexta-feira (22) no Rio de Janeiro aos 95 anos, segundo o Hospital Copa D'Or. Louzada teve falência múltipla dos órgãos e estava internado na instituição desde o dia 6 de fevereiro. Ele era hipertenso, possuía problemas cardíacos e sofria de câncer no pulmão. O ator era tabagista.

O velório ocorreu no cemitério São João Batista a partir das 11h e o enterro foi às 17h, segundo assessoria de imprensa da Rede Globo. Carioca, nascido em 1912, Louzada foi para São Paulo em 1944 quando, sob direção de Oduvaldo Viana, fez parte do elenco de rádio-teatro da Rádio Panamericana. Nesse mesmo ano, o ator fez os filmes Gente Honesta e É Proibido Sonhar. Trabalhou no único filme dirigido por Flávio Rangel, Gimba, o Presidente dos Valentes (1963), e do filme de Roberto Farias, O Assalto ao Trem Pagador (de 1962).

Somente em 1971, o ator começou a trabalhar em TV. Participou de grandes sucessos como as novelas Estúpido Cupido, Locomotivas, Cabocla (1ª versão) e Vamp. Ele também fez as minisséries O Tempo e o Vento, O Primo Basílio e Engraçadinha, entre outras. Em 2003, na novela Mulheres Apaixonadas, emocionou o país, vivendo junto à atriz Carmen Silva, um casal de idosos maltratado pela neta, interpretada por Regiane Alves. Seus últimos trabalhos na TV foram no programa Sob Nova Direção. (com Folha OnLine)

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2017 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web