NewsLetter:
 
Pesquisa:

O Armário-Vida e pensamento do desejo proibido
Por Anita Costa Prado
10/10/2010

Quando um livro sem vínculo editorial  ou distribuidora alcança em 4 anos a terceira edição, podemos concluir que é uma publicação, no mínimo, especial. É o caso de O Armário - vida e pensamento do desejo proibido, de Fabrício Viana.

O teor da publicação, gera interesse  e a coragem do autor,  admiração. Bacharel em psicologia, Fabrício escreve sobre a homossexualidade, de maneira  clara e não teme expor a sua vida pessoal; cita passagens que enriquecem o livro,  mostra os caminhos que o autor trilhou para entender a própria homossexualidade e sua posição diante do mundo em que vivemos, com  conceitos equivocados e preconceituosos.

Não é por acaso que pessoas admiradas e conhecidas como o cartunista Laerte, a desembargadora do Tribunal de Justiça Maria Berenice Dias e o jornalista André Fischer, do Portal e Festival Mix Brasil, tecem comentários elogiosos sobre o autor.

A primeira vista, a leitura parece interessar  aos homens,  mas no decorrer das páginas, fica nítida a sensação de que é uma leitura indicada para todas as pessoas, independente do gênero e orientação sexual.

Estar dentro do armário, refere-se ao fato de esconder a homossexualidade e na página 99 observa-se um trecho que vale por si só:

...”Então, querer sair do armário não é mesmo fácil, por isso, muitos não o fazem. Precisamos, antes de tudo, nos tornar guerreiros para lutar e conquistar nossa autenticidade.”

Fabrício Viana é um guerreiro no sentido profundo da palavra; percorre um caminho sinuoso, com inteligência, sensibilidade e coragem.

O livro é inquietante e nos faz refletir. Impossível ler sem ficar de alguma maneira, tocado pela essência das palavras deste armário escancarado.

 

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2018 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web