NewsLetter:
 
Pesquisa:

Resenha: 40 Anos de Doroty
Por José Salles e Marcio Baraldi
07/02/2011

Emir Ribeiro lança edição comemorativa com uma de suas mais controvertidas personagens: o travesti alienígena sexólatra com poderes fantásticos e letais Doroti, aparecendo cheia de vigor em 40 Anos De Doroty (22,5 x 15 cm, capa couchê cartonada, 32 páginas, p&b-tons de cinza), apresentando duas aventuras com a deliciosamente demoníaca Doroty. A primeira, “Uma Pessoa Comum” (escrita por Emir Ribeiro e ilustrada por Alcíone, que é também o autor da capa), publicada originalmente no fanzine ZAT, no ano 2000; e “Paixão do Passado, Amor do Presente”, escrita e ilustrada por Emir Ribeiro, redefinindo os rumos da personagem, tornada mulher por inteira, e ainda convicta a superar sua grande rival, Velta... e é exatamente uma notícia como esta que os fãs gostariam de receber... a edição ainda inclui pin-ups de artistas diversos, textos e imagens explicativas sobre a personagem.

Mais ainda do que Velta ou Itabira, Doroty é a prova máxima que Emir Ribeiro sempre foi um autor legitimamente criativo e fora dos padrões. Enquanto a maioria dos autores de super-heróis brasileiros copiam fórmulas, traços e personagens americanos, Emir sempre nadou contra a correnteza preferindo o caminho mais difícil: criar personagens realmente ORIGINAIS!!! Nada de clichês americanos batidos, Emir prefere se atrever em praias inéditas e correr o risco de sofrer estranhamento a sua obra, do que ser mais um igual entre os iguais. É o caso de todos seus personagens, sobretudo com essa sua Doroty. Senão, me diga: quantas (anti)heroínas você conhece que são travestis do espaço, soltam lâminas afiadas pelos mamilos e urinam ácido sobre seus inimigos? Isso tudo só podia sair da cabeça de um garoto muuuuito criativo e sonhador, que é o que Emir era há exatos 40 anos atrás. Emir só não está milionário porque a indústria de Quadrinhos brasileira simplesmente não existe (tirando Maurício de Sousa, claro)! Tivesse ele nascido nos EUA, Europa ou Japão os babacas que o criticam pela net estariam lambendo sua botas hoje e colando seus posteres pela parede. Mas Emir não está nem aí com essa merda toda e não é trouxa de trocar a tranquilidade e as belezas naturais das praias paraibanas por países neuróticos e super-povoados. A prova máxima da inteligência de Emir não está nem em seus originais e vanguardistas personagens, mas sim na maneira saudável, equilibrada, e produtiva que escolheu pra viver sua própria vida. E para os babacas de plantão, Emir anda e mija...ácido, claro! Pedidos pelo e-mail: emir_ribeiro@yahoo.com.br. Visitem o site do autor.

 

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2017 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web