NewsLetter:
 
Pesquisa:

Resenha: Roko-Loko & Adrina-Lina - Hey Ho, Let's Go!
Por Raphael Fernandes *
08/03/2010

Novas e alucinadas aventuras de Roko-Loko e Adrina-Lina

O espalhafatoso e insano cartunista Marcio Baraldi acaba de lançar mais um de seus premiados álbuns de Quadrinhos: Roko Loko e Adrina-Lina – Hey Ho... Let’s Go!. Nem preciso dizer pra vocês que o cara transpira rock'n'roll,né?! Uma coisa é impossível negar: o que o Baraldi tem de marqueteiro (no bom sentido, como disse o Sidney Gusman em um dos prefácios), ele tem de cartunista alucinado. Neste álbum, como sempre, seus desenhos parecem ter saído diretamente do caderno do roqueiro mais bagunceiro da escola, e sem deixar de ser o cara mais gente boa do colégio também!

As delirantes HQs do livro revelam que ele é um autor muito bem antenado com a galera que curte rock e metal, mas que ao mesmo tempo consegue fazer um humor universal (que até o seu pai ia curtir de boa). Baraldi nunca negou que não é um autor intelectualizado e que nem tem um humor sutil, fino ou "cabeça". Ele veio do povão e sempre vai trabalhar pra fazer um humor popular, direto, reto e sem frescuras ou piadas imcompreensiveis para a maioria dos leitores. Ao invés de ser intelectual, ele prefere ser inteligente, ao invés de moralista, prefere ser libertário e politizado, ao invés de reclamão e pessimista, prefere ser alegre e divertido, ao invés de melancólico, prefere ser raivoso e crítico. Enfim, seu humor REALMENTE acerta o alvo e atinge as pessoas sempre, ora como um pastelão na cara, ora como um murro no estômago! Não é à toa que ele é publicado nas mais diversas revistas, de todos os gêneros, pelo Brasil afora. Há quem diga que ele mantém uns 50 empregos sem deixar ninguém na mão! Baraldão, como é mais conhecido pelos camaradas, publica essas páginas e tiras na revista Rock Brigade, mas é um dos autores que tem seu trabalho publicado em mais títulos diferentes, como UFO, Espiritismo & Ciência, MAD, revistas de tatuagem e muitas outras. O cara é workaholic, ou melhor, como diz na orelha de Hey Ho... Let’s Go!, é um “work-rocka-holic”!

Dentre todas as HQs deste volume, destaco a mais podreira e engraçada de todas:  Chovendo Sangue, um hilário encontro entre Roko-Loko e a banda Slayer, que tira um sarro da bitolação sem fim dos fãs do metal satânico e ainda faz uma piada escatológica sem noção!!! Destaque também para todas as várias tentativas do Roko-Loko de, ao longo do livro, tentar copular com a linda Tarja Turunen, ex-vocalista do Nightwish, que são no mínimo de mijar de rir! Mais uma boa surpresa do livro é a seção final, só com tirinhas dos personagens, que poderiam ser prescritas como ótimas pílulas para a depressão, principalmente, se você for roqueiro. Essas tiras rapidas, em três quadros, poderiam facilmente ser o carro-chefe de um outro livro do Baraldi, pois funcionam muito bem independentes das HQs mais longas do  Roko-Loko, o que prova que Baraldi também e um excelente autor de tiras e poderia estar com elas em qualquer jornal do país. Hey Ho, Baraldi gooooooooooooooo!!!!

* Raphael Fernades é jornalista especializado em HQs, roteirista e editor da MAD brasileira

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2017 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web