NewsLetter:
 
Pesquisa:

Divulgando HQs para não-iniciados
Por Alexandre Nagado
07/02/2011

O mercado de quadrinhos nos últimos anos tem encolhido e se segmentado cada vez mais por motivos diversos. Os gibis têm deixado de ser um meio de comunicação de massa para atingir somente grupos fechados de fãs hardcore. Isso tem feito mal ao mercado e aos profissionais, mas parece um caminho sem volta.

Sempre penso em fazer o caminho inverso e sempre imagino como dizer a uma pessoa que não lê quadrinhos que isso não tem nada de mais e é só mais uma forma de entretenimento e cultura tão válida quanto as outras.

Nos últimos anos, me afastei da produção de quadrinhos comerciais e me voltei a material institucional, encomendado por empresas ou órgãos do governo. Mas isso é opção de sobrevivência, não opção artística.

Uma vez, pensei numa campanha institucional que usasse minha experiência em quadrinhos didáticos/institucionais para promover a mídia quadrinhos. E que jeito melhor do que fazer isso na forma de uma HQ? Uma HQ pra quem não lê HQ.

Pensei em criar uma tira ou página simples, que fosse mandada por e-mail igual a tantas correntes de piadinhas, frases inspiradoras ou fotos curiosas que circulam pela internet. Sendo algo pequeno, a pessoa acabaria lendo. E, nessa rápida leitura, eu deveria passar alguma informação básica sobre HQ.

Essa tira não é para quem já foi fisgado pelas HQs ou simpatiza com elas. Não pretendo exaltar as qualidades culturais das HQs, não pretendo exaltar a produção nacional, apontar o valor literário ou o qualquer assunto que entra em rodinhas de discussão de profissionais, pesquisadores e fãs. Fiz uma tirinha para o não-leitor, com a pretensão de fazer com que ele tenha vontade de ler quadrinhos. A dar uma olhada em alguma coisa, que lembre de dar uma espiada na banca, na seção de quadrinhos de alguma livraria ou até mesmo buscar por alguma leitura descompromissada na web.

Quem já tem os quadrinhos em sua vida não tem o distanciamento para dizer se isso tem ou não potencial para atingir seu objetivo. Eu mesmo não tenho como dizer isso também. Por isso, convoco a todos os que defendem essa mídia a repassarem isso. Podem repassar o link desta postagem no Twitter (estou lá como @ale_nagado), copiando e colando o código //tinyurl.com/divulgahq.

Ou então, podem salvar a tira em seu computador pra mandar a seus contatos. Ou, ainda, baixar aqui uma versão em PDF em alta resolução para imprimir e afixar onde quiser para que as pessoas leiam.

Se milhares de pessoas lerem essa HQ, talvez centenas passem a ver HQ com outros olhos. Dessas, talvez dezenas comprem alguma HQ pra ver como é e alguns outros acabem gostando e comprando mais vezes. Dentre essas, se apenas UMA disser pra mim que minha tira despertou (ou reacendeu) seu interesse por quadrinhos, ficarei contente.

Agora é com você.

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2017 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web